sábado, 1 de Maio de 2010

O Namorado da Minha Irmã me comeu.

O Namorado da minha irmã me comeu e ela nao viu



Minha irmã sempre foi muito fogosa, morena clara, seios grandes, bunda bem impinada muito gostosa nos seus 19 anos. Eu tinha 15 anos nessa época. Ela namorava um rapaz de 22 anos moreno alto corpo bem malhado e por cima era bem dotado, o pau dele media 22 cms e ela bem roliço com uma cabeçona rocha q parecia um cogomelo.



Um dia cheguei em casa vindo do colegio e fui dieto pro banheiro, ao passar pelo corredor ouvi uns gmidos imaginei de cara q era minha irma fudendo com o namorado, cheguei perto da porta e olhei de lado e vi ele cravando a rola na buceta dela. Ela tava de quatro na cama e ele segurando ela pela cintura, pude ver o cacete dele entrando e saindo daquela buceta melada, fiquei excitado e comecei bater uma punheta ali mesmo.



Os gemidos dela me deixavam mais excitado e por um instante ate me esqueci q eu tava na porta vendo eles, entao meu cunhado olhou para tras e me viu masturbando mas continuou fudendo ela.

Logo depois ele tirou o pau da buceta dela e colocou no cu e ela gemia mais forte foi assim ate ele gozou e encheu po rabo dela de porra. Quand ele tirou o pau pra fora pude notar o rombro que ficou o cu dela e a porra escorrendo pelas coxas. Ele pegou o pau dele e deu umamamada gostosa e eu entao fui pro banheiro.



Pensei o dia todo naquela foda deles e cada vez mais eu queria estar no lugar da minha irmã.



No dia seguinte ele chegou em casa como de costume, eu nao tinha ido ao colegiio pois nao consegui acordar cedo. Eles ficaram na sala conversando por um bom tempo e minha irmã precisou sair pois tinha dentista marcado mas avisou pra ele esperar ela porque ela nao ia demorar, ele disse que ficaria esperando na sala vendo tv.



Assim q ela saiu ele puxou conversa comigo e perguntou se eu tinha gostado de ver ele metendo na minha irma no dia anterior, eu disse q sim e ele perguntou o q eu senti, eu disse que senti tesao entao ele sentou mais perto de mim e pegou minha mao e colocou no pau dele q ja tava bem duro

e perguntou se eu senti tesao igual ele tava sentindo. Eu disse que e ele tirou o paupra fora e me mandou chupar, eu nao perdi tempo e comecei mamar aquele cacete.

Mamei um bom tempo até q ele me mandou ajoelhar e como eu tava de shorte foi so abaixar e ele veio por tras, me inclinou no sofa e com as maos me apoei e abri as pernas. Ele abriu minha bunda, deu uma cuspida e molhou bem meu cu, colocou o pau e foi empurrando.

Senti uma dor quando a cabeça começou entrar, fechei os olhos e senti o pau dele me rasgando, e em pouco tempo a cabeça entrou e ele empurrou o resto no meu cu. Senti um tesao danado com o pau dele no meu rabo e comecei rebolar, ele me chamando de putinha e fudendo forte, batendo em minha bunda.

Me senti uma putinha do meu cunhado e ele socava forte e dizia que eu era puta igual a irma e isso me deixava com mais tesao ainda. Por fim ele gozou no meu cu, senti aquele caldo quente em minhas entranhas e não aguentei mais e gozei muito também. Ele tirou o pau e mandou eu mamar, mamei e limpei o pau todo na minha boca e ele disse q daquele dia em diante ele iria fuder as duas putinhas sempre.



Minha irmã chegou meia hora depois e nós estavamos vendo tv, e parecia tudo normal. Eles subiram para o quarto e eu fiquei na sala imaginando aquele cacete gostoso comendo a minha irmã enquanto eu me recuperava do esforço delicioso que fiz.

1 comentário: